Presidente da Fapeg visita ECEC e abre jornada científica

Jornada Científica da Escola de Ciências Exatas e da Computação (JCECEC) da PUC Goiás

Foto: Weslley Cruz

Foram abertas na noite desta segunda-feira, 11, a quarta edição da Jornada Científica da Escola de Ciências Exatas e da Computação (JCECEC) da PUC Goiás e a primeira edição da Jornada Científica Regional, no auditório 1 da Área 2, Setor Leste Universitário. Em iniciativa inédita, a ECEC se uniu ao Instituto Federal de Goiás (IFG) para estender a programação e fortalecer a criação de uma rede para a difusão de conhecimentos envolvendo o ensino de ciências duras e de tecnologia aplicada no Estado. A programação dos eventos segue até quinta-feira, dia 14.

Foi a primeira vez, também, de palestrantes internacionais. Além de professores e pesquisadores de diversas instituições brasileiras, os eventos reúnem cientistas e profissionais do Canadá e de Portugal. A conferência de abertura foi ministrada pela professora dra. Rosa Maria de Castro Fernandes Vasconcelos, da Universidade do Minho (Portugal). “A ideia é mesmo formar uma rede. Não se faz pesquisa sozinho”, explicou a diretora da Escola, professora Mírian Gusmão.

Jornada Científica da Escola de Ciências Exatas e da Computação (JCECEC) da PUC Goiás 2

Fotos: Weslley Cruz

 

Antes da abertura oficial, o presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg), Robson Vieira, visitou os laboratórios da ECEC, conhecendo parte do corpo de professores, pesquisadores e estudantes. A ação integra o plano estratégico da entidade, que está visitando as instituições de pesquisa goianas para ajustar estratégias de fomento para ciência e inovação no estado. “A minha primeira impressão foi realmente positiva, mas não é porque está bom que não podemos potencializar. Estamos abertos para discutir fomentos e fortalecer ainda mais a área, reter talentos”, explicou.

A retenção de talentos no Estado para o desenvolvimento regional foi ressaltado várias vezes ao longo da visita, como um objetivo para o futuro. “Muitos dos nossos alunos vão para fora do estado, e alguns para fora do país. Ficamos felizes da Fapeg virar o olhar para valorização desses pesquisadores, para que eles possam fazer a diferença em Goiás ao invés de irem fazer isso fora”, avaliou a professora Mírian. Outro desafio ressaltado foi o de difusão científica, ponto que ao ser ressaltado pelo diretor da Fapeg, rendeu elogios aos eventos na Escola. “Evento científico é difusão. Nosso desafio é extrapolar os muros da universidade, atingir mais gente. Vejo muito potencial aqui”, frisou.

A programação dos eventos pode ser conferida na íntegra clicando aqui. Nesta edição os eventos são organizados pela PUC Goiás e pelo IFG com o apoio da Fapeg, a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e da Energia Sustentável do Brasil (ESBR).

Imprensa PUC Goiás – Texto: Roldão Barros

Posted in Notícias, Notícias FAPEG.