Prazo prorrogado para I Seminário de Avaliação de Políticas em CT&I

Seminário de Avaliação de Políticas de CT&IPesquisadores, profissionais e gestores que estudam ou atuam com avaliação de políticas públicas de ciência, tecnologia e inovação terão uma importante oportunidade de compartilhar pesquisas e metodologias, além de conhecer outras abordagens sobre o tema. Será o I Seminário de Avaliação de Políticas de CT&I, organizado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e pelo Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE), que acontecerá nos dias 12 e 13 de setembro de 2018. Para participar do evento apresentando um trabalho, é preciso fazer a submissão da proposta pelo site do Seminário. O prazo para submissão de trabalhos  foi prorrogado para 17 de junho.

O objetivo da iniciativa é integrar os participantes em uma rede consistente e sistêmica, como forma de dar visibilidade às informações na área de avaliação e ampliar o debate sobre a estratégia de fomento, promovendo nacionalmente o intercâmbio entre profissionais, pesquisadores e interessados no tema.

Os trabalhos a serem apresentados deverão estar enquadrados em dois eixos: Eixo 1: Análise de políticas, programas e ações de CT&I e Eixo 2: Metodologias de avaliação e mensuração de impactos de programas, políticas e ações de CT&I:

No dia 6 de agosto será divulgada a lista de trabalhos selecionados. Além da possibilidade de exposição oral no Seminário, as propostas escolhidas serão incluídas nos anais do evento e os melhores artigos serão também publicados na Revista Parcerias Estratégicas.

O evento

Além de difundir os trabalhos técnico-científicos realizados no país na área de avaliação, o Seminário pretende institucionalizar um espaço para discussões regulares sobre os estudos que envolvam a avaliação de políticas de CT&I, além de despertar o interesse e reflexão sobre o tema.

O evento conta com a parceria institucional do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Conta ainda com a parceria científica da Associação Brasileira de Estudos Regionais Urbanos (ABER), Associação Brasileira de Economia industrial e Inovação (ABEIN), Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Ciência da Informação (ANCIB) e Rede Nacional de Ciência para a Educação (CpE).

Em dois dias, serão realizadas conferências, mesa de debate, discussão de artigos e apresentação de estudos técnicos.

Conferência

Programação para ampliar o debate sobre as ações de CT&I, com duas palestras nas temáticas do evento:

Avaliação de Políticas de CT&I – Impactos Regionalizados
EXPOLattes: Uso da Base de Lattes para a avaliação de resultados – avaliação das áreas de conhecimento, com premiação aos melhores trabalhos.
Mesa de debate

Debate do tema “Metodologias de avaliação de programas, políticas e trajetórias de inovação”, com a participação de especialistas, visando estabelecer um ambiente de discussão para reavaliação e aprimoramento de ações em CT&I, para melhor compreensão do tema e por meio de exemplos a serem apresentados.

As sessões temáticas serão divididas em dois momentos para apresentação de: artigos (discussão dos temas de interesse centrados na proposta do Seminário, mais concisos e com foco no impacto) e E-Pôster (Sessões no formato de apresentações dinâmicas e mais modernas, em versão eletrônica).

É possível fazer inscrição no Seminário para assistir as apresentações. Ela é gratuita e dá direito à participação em todos os eventos.

A EXPOLattes

O uso de soluções tecnológicas que consomem grandes bases de dados tem se tornado fator de destaque no auxílio à avaliação de políticas públicas. Para isso, o EXPOLattes, que ocorrerá como parte da programação do Seminário, promoverá a apresentação de soluções desenvolvidas ou resultantes do acesso a informações disponibilizadas pelo CNPq.

As melhores iniciativas serão premiadas ao longo do seminário. Essas soluções serão expostas, durante a programação, em quiosques ou estruturas similares, além de apresentações programadas para o público-geral.

Quem pode participar

Poderão participar instituições que já utilizem uma das modalidades de acesso a informação disponibilizadas pelo CNPq:

– Espelhamento: consiste na disponibilização integral dos dados da Plataforma Lattes, e dos currículos atualizados diariamente, para replicação na base espelho local.

– Extração de CV e Grupos de Pesquisa: extração de dados de CV e Grupos de Pesquisa disponível a todas as instituições de ensino e pesquisa e inovação do País, que desejam obter os dados dos grupos de pesquisa, professores, pesquisadores e alunos registrados na Plataforma Lattes.

Mais informações e inscrições, no site: https://www.cgee.org.br/web/seminarioavaliacaocti

Fonte: Coordenação de Comunicação Social do CNPq

Posted in Notícias, Notícias CT&I.