Fundações avançam na cooperação com a União Europeia

Print Friendly, PDF & Email

O Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) integrou a delegação brasileira em missão na União Europeia, que participou das discussões da III Reunião do Comitê de Cooperação em Ciência, Tecnologia e Inovação, em Berna (Suíça), e da VIII Reunião do Comitê Conjunto de Cooperação em CT&I entre o Brasil e a União Europeia, em Bruxelas (Bélgica), entre os dias 27 e 30 de novembro. Nas reuniões, a presidente do Confap e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg), Maria Zaira Turchi, apresentou um balanço de atividades realizadas por meio dos acordos de cooperação com a União Europeia, bem como instrumentos de ação, além do encaminhamento de atividades futuras dentro das ações conjuntas. A assessora internacional do Confap, Elisa Natola, e a chefe de gabinete da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), Marie Anne Van Sluys, também participaram da comitiva.

Além da presidente e da assessora internacional do Confap, compuseram a delegação brasileira o diretor do Departamento de Temas Científicos e Tecnológicos do Ministério das Relações Exteriores (MRE), embaixador Benedicto Fonseca Filho; o chefe da Assessoria Especial de Assuntos Internacionais do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Luís Felipe Silvério Fortuna; o presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Mario Neto Borges; o diretor da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), Marcio Girao; a coordenadora-geral de Cooperação Bilateral do MCTI, Ana Lúcia Stival; a chefe de Gabinete da Fapesp, Marie Anne Van Sluys; o vice-presidente para Educação, informação e Comunicação da Fiocruz, Manoel Barral Neto; e o diretor do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), Osvaldo Moraes. Eles foram recebidos pela diretora para Cooperação Internacional da União Europeia, Maria Cristina Russo.

missao suica delegacaoSuíça
Na parte da missão em Berna (Suíça), durante a III Reunião do Comitê de Cooperação em Ciência, Tecnologia e Inovação, a presidente do Confap, Maria Zaira Turchi, se reuniu com representantes da Swiss National Science Foundation (SNSF). Fora mencionada, inicialmente, a Declaração de Intenções assinada entre o Confap e o Fundo Nacional Suíço para Pesquisa Científica (FMS) em 28 de abril de 2016, pelo então presidente do Confap, Sergio Luiz Gargioni, e o presidente do Comitê Especial para a Cooperação Internacional do FMS, na época, Urs Baltensperger. A partir dela, a presidente do Confap, Maria Zaira Turchi, apresentou os mecanismos de atuação do Conselho e foram debatidas, então, maneiras de concretizar ações futuras para o lançamento de editais conjunto.

Na mesma reunião, foi firmado um acordo entre o CNPq e a SNSF para o lançamento de uma chamada conjunta, em breve. Segundo Mario Neto Borges, a parceria representa uma oportunidade especial para aumentar a internacionalização das atividades de pesquisa apoiada pelo CNPq. “Principalmente pelo fato da Suíça ser um dos países de ponta nos indicadores de inovação”, explica o presidente. Na oportunidade, foi levantada a possibilidade do envolvimento do Confap nesta chamada, para ampliar o alcance das oportunidades.

Bélgica
Em Bruxelas, a presidente do Confap e da Fapeg, Maria Zaira Turchi, participou da VIII Reunião do Comitê Conjunto de Cooperação em CT&I entre o Brasil e a União Europeia. Zaira Turchi apresentou um balanço das atividades realizadas por meio da cooperação entre o Confap e a União Europeia, como a chamada Call for Expression of Interest do European Research Council (ERC), voltada para pesquisadores brasileiros integrarem equipes de Pesquisadores Principais com projetos financiados pelo ERC (ERC Grantees) na fronteira do conhecimento – considerada muito exitosa pela quantidade de pesquisadores brasileiros contemplados e pela diversidade de áreas de atuação. Também foram citadas outras ações como Contact Point do Marie Sklodowska-Curie Actions e o Water JPI.

A presidente apresentou, ainda, os mecanismos de fomento por parte das Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs) e as próximas ações a serem realizadas, incluindo uma nova chamada com o ERC, a ser lançada em breve. Na programação também foi realizada uma apresentação da pesquisadora e chefe de gabinete da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), Marie Anne Van Sluys, que abordou entre as ações da Fapesp, a chamada do Horizonte 2020 para biocombustíveis, da qual o Confap é um dos participantes.

De acordo com a presidente do Confap, Maria Zaira Turchi, foi uma oportunidade para o Conselho, no conjunto de suas Fundações, apresentar as ações que efetivamente vem fazendo no contexto do programa Horizonte 2020 e avançar nos caminhos para o lançamento de novas chamadas. “Para o desenvolvimento de ações dentro do Horizonte 2020, os Estados lançaram suas guidelines e demostraram estarem dispostos a cofinanciar as propostas que venham a ser aprovadas. Sem o cofinaciamento não há participação brasileira. Então a ação do Confap, no conjunto de suas Fundações é essencial para a efetivação desta cooperação”, ressaltou. Ela explicou também que dado ao grande sucesso da primeira edição da Chamada com o ERC, será realizado em breve uma nova edição do edital. “Vamos receber representantes da Comissão Europeia no Brasil, no próximo dia 12, para dar sequência no andamento das ações. Eles estão satisfeitos com os resultados e vamos prosseguir com novas edições da Chamada”, finalizou.

Coordenação de Comunicação Social do Confap

Posted in Notícias, Notícias FAPEG.