Fórum do Confap destaca parcerias entre governo, empresas e academia para o desenvolvimento do País

Print Friendly
Abertura-Forum-Confap-Aracaju

Abertura do Fórum do Confap aconteceu na manhã desta quinta-feira

A capital de Sergipe, Aracaju, recebe nesta quinta e sexta-feira, dias 18 e 19 de maio, a segunda edição do ano de 2017 do Fórum do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap). A solenidade de abertura do Fórum foi realizada na manhã desta quinta e reuniu autoridades políticas e científicas do estado de Sergipe e do Brasil, além de representantes das Fundações Estaduais, das agências de fomento federais e parceiros internacionais.  A presidente do Confap, que também preside a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg), Maria Zaira Turchi, abriu a cerimônia.

Organizada pela Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (Fapitec/SE), a reunião busca discutir a questão do fomento à pesquisa científica, tecnológica e de inovação no Brasil e da contribuição da ciência para o desenvolvimento econômico e social do País.

Confap Abertura

Presidente do Confap e da Fapeg, Maria Zaira Turchi, faz abertura do Fórum do Confap

Maria Zaira Turchi destacou a relevância do Fórum do Confap e das 26 Fundações que se reúnem nessa representação para reafirmar procedimentos e mecanismos de fomento à pesquisa científica, tecnológica e de inovação. “É um momento importante em que as Fundações compartilham sua experiências e uma pauta comum e extremamente positiva no avanço da pesquisa, ao estabelecer cooperações, buscar opções de recursos e pensar em todos os Estados”, salientou. Ela também reforçou a importância do governo estadual fortalecer o investimento na sua Fundação correspondente pois “é preciso ter recursos garantidos para dar continuidade às pesquisas e a esses investimentos”.

Presidente da Fapitec/SE, José Heriberto Pinheiro Vieira, acrescentou durante seu discurso que a Fundação tem trabalhado a questão estratégica da pesquisa no Estado e buscado mostrar a importância deste investimento para a sociedade. “Nos próximos anos, o que estamos discutindo aqui, esse conhecimento gerado, será o grande bem para dominar a tecnologia e avançar no desenvolvimento econômico e social”, exclamou.

Abertura Fórum Confap

Fórum segue até nesta sexta-feira, dia 19

A questão do investimento garantido por parte dos órgãos públicos também foi enfatizada pelo secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Álvaro Prata. “A boa ciência, a boa tecnologia, se faz com recursos, com fomento e com formação de gente qualificada. Somos surpreendidos todos os dias com notícias difíceis sobre essa política em ciência, mas temos avanços, como o sucesso em relação à regulamentação do Decreto do Marco Legal em Ciência, Tecnologia e Inovação”, sinalizou.

Apoio do Governo de Sergipe
Também presente na solenidade de abertura, o presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe (Alese), deputado Luciano Bispo, colocou os deputados da casa a serviço da ciência no Estado. “Minha palavra aqui é de apoio aos pesquisadores do nosso Estado. Ainda há uma falta de reconhecimento do governo sobre a importância da pesquisa, mas é graças à tecnologia que o País está mudando”, exclamou.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec), José Augusto Carvalho, o estado reúne todas as condições para fomentar a pesquisa científica, tecnológica e de inovação em Sergipe. “Com todas as condições que temos, o povo sergipano é quem terá benefícios de todas essas cabeças pensantes”, finalizou.

Acordo com a França
Ao final da solenidade de abertura, foi realizado o lançamento de um novo edital do projeto GuyAmazon, por meio da parceria do Confap com instituições francesas. Pelo projeto, estarão envolvidas quatro Fundações Brasileiras: dos estados do Maranhão (Fapema), Pará (Fapespa), Amazonas (Fapeam) e Amapá (Fapeap), além de instituições da França e da Guiana Francesa.

Confap

Aconteceu o lançamento de um novo edital do projeto GuyAmazon

Philippe Martineau, da Embaixada da França no Brasil, reforçou a importância do Confap no conjunto de suas fundações para a construção de parcerias e apresentou o projeto GuyAmazon aos participantes. “O Confap é um parceiro muito importante para nós. O projeto até agora trouxe muitos resultados positivos, como a geração de artigos e publicações em obras, além de patentes”, indicou.

Representando as Fundações envolvidas, o presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema), Alex Oliveira, colocou a importância do projeto para as FAPs da Amazônia Legal. “Essa cooperação é extremamente rica para que essa articulação chegue nesses resultados extraordinários”, explicou. O edital estará disponível em breve na página do Confap.

Discussões com o setor empresarial
Dando sequência às discussões do dia, foi realizada uma mesa-redonda envolvendo o diretor-presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), Jorge Guimarães, e a representante do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Jackline de Souza Conca, com mediação da presidente do Confap, Maria Zaira Turchi, e participação do presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), Sergio Gargioni.

Foram apresentadas possibilidades de apoio como o modelo operacional no suporte à inovação tecnológica na indústria, executado pela Embrapii, e ainda a nova parceria com o MDIC para o fomento à inovação nas empresas e a construção de editais voltados à inovação tecnológica. Uma das novidades anunciadas é um projeto piloto do MDIC para acelerar pedidos de patentes em até seis meses, nos casos prioritários.

O Fórum do Confap, em Aracaju (SE), continua até sexta-feira, dia 19. A programação completa pode ser acessada aqui.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social do Confap (texto: Renan Rigo / fotos: Núbia Rodrigues).

Posted in Notícias, Notícias FAPEG.