Finep faz avaliação de impactos e resultados de sua atuação

Esta semana a Finep começa a enviar 4.219 questionários para todo o País, no âmbito de um grande projeto de avaliação de resultados de sua atuação no cenário nacional de ciência, tecnologia e inovação. Além de atender a exigências legais, a iniciativa mostrará o impacto da Finep na sociedade e trará referências para a melhoria contínua da financiadora, ao detectar o que gerou bons frutos e o que ficou aquém do esperado.

Conduzido em parceria com a Unicamp, o projeto começou em agosto de 2018 e deve se estender até junho deste ano. A ideia é ouvir tanto instituições que receberam apoio como as que tiveram projetos recusados.

“Não basta coletarmos dados que mostrem que a receita das empresas apoiadas com subvenção cresceu, por exemplo, 5%. Se as empresas do mesmo setor cresceram 3% no mesmo período, grosso modo o impacto da Finep foi de apenas dois pontos percentuais a mais na receita das empresas apoiadas”, explica Adriana Haguenauer, gerente do Departamento de Planejamento da Finep, enfatizando a importância da participação no processo. Segundo ela, é preciso uma boa amostra para haver material suficiente para efetivamente ser possível aprimorar os instrumentos da Finep com base nesse feedback.

A etapa seguinte do projeto, com base nos resultados das entrevistas, será definir como a Finep passará a incluir avaliações em seu processo de trabalho e na elaboração de documentos de comunicação, internos e com a sociedade. A ideia é criar um protocolo metodológico para implantar a avaliação sistemática de resultados e impactos e capacitar pessoal da Finep na metodologia revisada e validada.

Posted in Notícias, Notícias CT&I.