Fapeg participa de workshop e reuniões voltadas à cooperação no tema Água

Print Friendly, PDF & Email

Foto: Marcelo Gondim / CNPq.

Com o objetivo de aprofundar a cooperação internacional na pesquisa científica, tecnológica e de inovação sobre a Água, o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), no conjunto de suas Fundações, incluindo a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg), e o projeto europeu IC4WATER junto com a Water JPI (Joint Programming Initiative – rede de agências de fomento europeias e internacionais em torno da temática Água) realizaram atividades em Brasília, nos dias 29 e 30 de agosto, incluindo um workshop preparativo para o lançamento de edital sobre o tema e reuniões com organismos federais e internacionais. O workshop foi realizado na sede do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e as reuniões na sede da Delegação Europeia, no CNPq e nos Ministérios de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e das Relações Exteriores (MRE).

A comitiva que participou das visitas para o aprofundamento da cooperação na pesquisa sobre o tema, no dia 29 de agosto, foi composta pela presidente da Fapeg e do Confap, Maria Zaira Turchi, pelo chefe de Ciência, Tecnologia e Inovação da Delegação da União Europeia no Brasil, Alejandro Zurita, e pela coordenadora do Water JPI, Dominique Darmendrail.

Na parte da manhã foram realizadas visitas aos representantes da Delegação da União Europeia no Brasil (EU Delegation to Brazil – Science Councillors Meeting). Em seguida, foram recebidos pelo embaixador diretor do Departamento de Temas Científicos e Tecnológicos do Ministério das Relações Exteriores (MRE), Benedicto Fonseca Filho. Na pauta de discussões, uma apresentação do Water JPI e das cooperações promovidas pelo Confap, além das possíveis contribuições para o Fórum Mundial da Água.

No período vespertino, as reuniões foram concentradas no CNPq, onde puderam conversar com o presidente da entidade, Mario Neto Borges, com o diretor de Cooperação Institucional, José Ricardo de Santana, e com o diretor de Ciências Agrárias, Biológicas e da Saúde, Marcelo Marcos Morales. Também participaram do encontro a coordenadora da Gerência Geral de Estratégia da Agência Nacional de Águas, Flávia Carneiro da Cunha Oliveira, e o coordenador da Área de Hidrologia, Marco José Melo Neves.

Finalizando a agenda, os representantes da comitiva se reuniram com o ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, onde puderam apresentar o histórico das cooperações do Confap e destacar a importância das parcerias para o desenvolvimento da ciência no País. O ministro assumiu o compromisso em liderar a discussão no Fórum Mundial da Água  quanto ao destaque da ciência no debate sobre o tema.

Foto: Marcelo Gondim / CNPq.

Workshop
O JPI Water – Brazil Workshop on International Cooperation in the field of Water, realizado no dia 30, reuniu representantes das FAPs, pesquisadores convidados ligados à temática água, e representantes do MCTIC, do CNPq e da Agência Nacional de Águas (ANA). Além de aprofundar a discussão para elaboração do edital a ser lançado dentro da cooperação, o workshop também buscou inserir a questão da ciência no contexto do Fórum Mundial da Água (World Water Forum), que será realizado no Brasil, em março de 2018.

A presidente da Fapeg e do Confap, Maria Zaira Turchi, ressaltou durante a abertura do evento que sem pesquisa não será possível resolver os problemas ligados à questão da água. “Destacamos a relevância da realização de um painel especial de alto nível durante o Fórum para mostrar ao mundo que só com ciência e tecnologia poderemos enfrentar os desafios relacionados à questão da água”, reforçou.

O presidente do CNPq, Mario Neto Borges, ressaltou ainda que é importante convencer o governo que é preciso ter um orçamento forte neste setor. “Temos o processo de internacionalização da pesquisa que é importante para encontrar alternativas de recursos. Mas o governo precisa se convencer que é preciso um orçamento robusto para se investir em ciência e tecnologia”, completou.

A coordenadora do Water JPI, Dominique Darmendrail, apresentou a iniciativa aos participantes e ressaltou que a questão da água é uma das principais prioridades definidas pelo Fórum Econômico Mundial. Ela considerou ainda as potencialidades para cooperação e desenvolvimento de pesquisas em conjunto.

Também participaram do evento representantes da Agência Nacional de Águas (ANA) e da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento do Distrito Federal (Adasa), além de representantes do MCTIC, da Presidência da República e das Fundações dos Estados do Amazonas, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e do Distrito Federal. A Agência Nacional de Águas aproveitou o momento para apresentar o Fórum Mundial da Água, que será realizado no próximo ano, e pode, ainda, receber contribuições para a realização do evento, do ponto de vista da ciência.

Dois pesquisadores de instituições sediadas em Goiás, vinculados à pesquisa em temática relacionada à água, foram indicados pela Fapeg para participar das atividades do Workshop. A professora Warde Antonieta da Fonseca-Zang, do Instituto Federal de Goiás (UFG), e o professor Luis Maurício Bini, da Universidade Federal de Goiás (UFG), apresentaram trabalhos e fizeram sugestões que possam auxiliar na construção da cooperação, especialmente quanto aos temas e abordagens que podem ser trabalhados entre os dois países. A professora Warde da Fonseca-Zang apresentou, ainda, seu trabalho em cooperação com outras instituições da Alemanha e do Reino Unido, sobretudo na questão da água, saneamento e produção de energia.

Sobre o lançamento do edital dentro da cooperação, a previsão é de que o lançamento ocorra na próxima semana.

Acesse aqui a programação do Workshop.

Acesse aqui as apresentações realizadas no Workshop.

Coordenadoria de Comunicação Social do Confap, com acréscimos.

Posted in Notícias, Notícias FAPEG.