FAPEG anuncia lançamento de 15 editais de pesquisa em 2022

Print Friendly, PDF & Email

O anúncio, feito na manhã dessa quarta-feira, 29,  fez parte da pauta de reunião do Conselho Superior da Fapeg (CONSUP), que reúne representantes de instituições superiores de ensino e de instituições diversas ligadas à ciência e tecnologia.

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (FAPEG) anunciou, na manhã desta quarta-feira, 29, a abertura de 15 novos editais de chamadas para fomento e incentivo a pesquisas científicas e projetos de inovação tecnológica, junto com acordos de cooperação mútua diversos, para serem lançados ainda em 2022. Serão investidos recursos do Governo de Goiás e instituições parceiras e convênios federais. O anúncio foi feito durante a videoconferência da segunda reunião anual do Conselho Superior da Fapeg (CONSUP), composto por 15 membros representantes de instituições de ensino superior e instituições públicas no âmbito da ciência e tecnologia em Goiás.

Na reunião, conduzida pelo presidente da FAPEG, Robson Vieira, foram apresentados os detalhes e objetivos de cada edital previsto, além do balanço financeiro da instituição em investimentos em projetos já empenhados e em desenvolvimento. “O Governo de Goiás tem determinado a participação cada vez maior da FAPEG no fomento à pesquisa em Goiás e na gestão inteligente dos recursos disponíveis para o desenvolvimento e a qualidade de vida, promovidos pela ciência e o avanço tecnológico no Estado”, disse Robson durante a apresentação do balanço financeiro.

Entre as chamadas previstas para serem lançadas ainda nesse ano estão: Amazônia +10 – uma chamada nacional articulada entre 20 fundações estaduais de fomento à pesquisa no país, tendo a FAPEG entre elas, para o incentivo aos pesquisadores goianos em estudos com foco nos problemas atuais da Amazônia, com o estreitamento das interações natureza-sociedade para um desenvolvimento sustentável e inclusivo da região. A chamada que foi aberta recentemente, nesse mês, já tem uma captação nacional de R$50 milhões.

Para julho, a FAPEG prevê a abertura do edital do Prêmio FAPEG de Ciência, Tecnologia e Inovação – Edição 2022, com o objetivo de reconhecer, dar visibilidade e premiar, pesquisadores (as) com trabalhos de grande potencial e/ou contribuição para o desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação do Estado de Goiás e do país, e também profissionais da área de comunicação, atuantes na difusão de pesquisas científicas, tecnológicas e de inovação e Ecossistema Nacional de CT&I. Ainda em julho, a Fundação vai lançar o edital de Auxílio à Realização de Eventos para parcerias com Instituições de Ensino Superior com programas de pós-graduações. No mesmo mês, terá também a Chamada Expressão de Interesse Brasil (Confap) – Espanha (CDTI) 2022-2023 para apoio aos projetos de colaboração em pesquisa e tecnologia entre o Brasil e a Espanha, que demonstrem a contribuição científica e tecnológica e mutuamente benéfica dos participantes de ambos os países, atendendo a necessidades ou desafios específicos do mercado e apresentando grande relevância de pesquisa, industrial e potencial comercial. Também nas ações internacionais, com o mesmo objetivo de promoção de intercâmbios de pesquisa de desenvolvimentos mútuos, a FAPEG apresentou editais com parcerias com instituições da Bélgica e Inglaterra.

Para agosto, a FAPEG anunciou chamadas de fomento também às startups, com o objetivo de fomentar o desenvolvimento de projetos de empresas de base tecnológica, que possuam produtos e/ou serviços inovadores. O Centelha 1, por exemplo, vai ter uma fase dois, com um aporte de R$ 200 mil para 5 ou 8 projetos de destaque, entre os 28 selecionados, para suporte à continuidade de suas atividades.  Ainda nesse mesmo mês, a Fundação vai abrir edital para a Chamada Execução de projetos cooperativos com empresas: Unidades EMBRAPII do Estado de Goiás, com o objetivo de incentivar a execução de projetos colaborativos de pesquisa com empresas parceiras para o desenvolvimento de inovações com alto potencial de aplicação no setor industrial. Já a partir de outubro, a instituição prevê editais de cooperação mútua, entre eles uma parceria entre FAPEG / SEBRAE /SENAR para fomentar Programa de Aceleração de Startups Objetivo: Fomentar startups que passaram pelo ciclo de aceleração promovido pelo SENAR GO.

Na reunião online do Consup, além de várias ações em andamento e futuras para 2022, o presidente da FAPEG anunciou projetos para 2023 que já estão sendo discutidos com instituições parceiras, como a CAPES (Novo PDPG), CNPq (Novos INCTs) e SEBRAE nacional para o apoio às startups empreendedoras e Pronem e Pronex.

Posse

Durante a videoconferência, os conselheiros também empossaram o novo membro do CONSUP, Pedro Leonardo de Paula Rezende, como representante das Instituições Estaduais com Ações em Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação em Goiás. Indicado pelo governador Ronaldo Caiado, conforme prevê a lei no 15.472, de 12 de dezembro de 2005, ele assume o cargo pelo restante do mandato do ex-conselheiro Anderson Mutter Teixeira.

Participaram ainda da reunião: o diretor Científico e de Inovação, Marcos Arriel; o diretor de Programas e Monitoramento, Vanderlei Cassiano; e a diretora de Gestão Integrada, Lorena Raquel Feliciano de Faria Peixoto.

Consup

O Consup foi criado pela Lei n. 15.472, de 12 de dezembro de 2005, como órgão máximo de deliberação da instituição, com a missão de cumprir as finalidades da Fapeg por meio de suas competências determinadas pela mesma Lei de criação e alterações promovidas pela Lei nº 16.272, de 30 de maio de 2008.

Com quatro reuniões regulares realizadas durante o ano, o Consup é composto por 15 membros indicados entre representantes de instituições de pesquisa e de ensino superior, setor empresarial e do governo do Estado, além do presidente da Fundação, Robson Vieira, que conduz os trabalhos do Conselho.

Assessoria de Comunicação Fapeg

Posted in Notícias, Notícias FAPEG.