Editais da SED e da Fapeg investirão R$ 26,3 milhões em inovação

Print Friendly

Solenidade de Anúncio dos editais SED e Fapeg de inovação, em Goiânia. Foto: Núbia Rodrigues / Ascom Fapeg.

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Científico e Tecnológico e de Agricultura, Pecuária e Irrigação (SED) e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg), lançou nesta quinta-feira, dia 8, três anúncios de Chamadas Públicas voltadas ao fomento a Parques Tecnológicos, Startups e Micro e Pequenas Empresas de base tecnológica. No total, serão investidos R$ 26,3 milhões em recursos. O termo de cooperação que institui a destinação dos recursos foi assinado pelo governador Marconi Perillo e autoridades presentes no evento.

Para a presidente da Fapeg, Maria Zaira Turchi, o lançamento destes três editais demonstra, a toda sociedade goiana e às instituições públicas e privadas, como o Governo está atuando em completa sinergia para promover a inovação no Estado. “Estamos prontos a desenvolver ações para alcançar os objetivos do programa Goiás Mais Competitivo. São mais algumas ações que este Governo faz nesta direção tão importante na competitividade e na inovação para o estado de Goiás”, ressaltou.

O governador de Goiás, Marconi Perillo, destacou que ações como estas criam bases sólidas para que Goiás dê um salto cada vez mais significativo nas áreas de competitividade e produtividade. Segundo ele, para que o Estado seja mais competitivo é necessário seguir no caminho da inovação. “Criamos condições adequadas para fomentar a inovação tecnológica, modernizar práticas, atrair empresas e gerar empregos. Refletimos o futuro de Goiás de forma sistêmica, para isso alinhamos investimento, pesquisa acadêmica, novas tecnologias e setor empresarial gerando mais empregos, gerando riquezas e, assim, consolidando um ciclo virtuoso e duradouro de prosperidade para o estado”, enfatizou.

Também nesse sentido, o titular da SED, Francisco Pontes, enalteceu a importância desta parceria, que demonstra a preocupação do governador de Goiás para o desenvolvimento de tecnologia e inovação no estado. O superintendente executivo de Ciência e Tecnologia, Mauro Faiad, acrescentou que o Governo de Goiás tem criado e ativado ferramentas capazes de implantar a inovação nas agendas públicas e privadas. “Se não tiver incentivo do Estado e fomento, fica-se para trás. Serão R$24,8 milhões do Fundo de Ciência e Tecnologia e R$ 1,5 milhão da Fapeg”, explicou Faiad.

Presidente da Fapeg, Zaira Turchi, anuncia os novos editais lançados em parceria com a SED. Foto: Núbia Rodrigues / Ascom Fapeg.

Workshops
Antecedendo a divulgação dos editais no mês de agosto, a Fapeg anunciou que serão realizados workshops de orientação aos possíveis candidatos para a elaboração de propostas, bem como apresentação de cases de sucesso e questões de legislação pertinentes à área. “A comunidade interessada é convidada a se inscrever. Neste momento vamos trabalhar com as empresas, com os jovens empreendedores, para orientar a todos no propósito das chamadas, na capacitação, definição de conceitos claros que possam auxiliar na finalização do projeto. Quando o edital for lançado, já estaremos bem adiantados”, reforçou a presidente da Fapeg, Zaira Turchi. “Esta etapa é muito importante. Estaremos respondendo às perguntas e atuando juntamente à sociedade goiana para o Governo de Goiás financiar excelentes projetos. O Governo de Goiás tem clareza que isso é investimento”, pontuou. As inscrições para os workshops serão feitas a partir do dia 20 de junho no site da Fapeg (www.fapeg.go.gov.br).

Chamada Pública e workshop para Parques Tecnológicos
O objetivo desta chamada é apoiar a estruturação e a manutenção de Parques Tecnológicos sediados no Estado de Goiás, visando elevar a produtividade e a competitividade da economia goiana com a ampliação do patamar de investimentos e de maior apoio a projetos de risco tecnológico. Segundo Zaira Turchi, várias ações têm sido realizadas para o desenvolvimento desses parques tecnológicos, mas esta ação é mais robusta e com mais recursos. O objetivo é contribuir ainda mais para o fortalecimento das relações entre empresas e Instituições Públicas ou Privadas sem fins lucrativos, em ambientes de inovação que favoreçam o surgimento de empresas goianas de base tecnológica.

Serão destinados a essa chamada recursos de até R$ 22 milhões. São elegíveis para esta proposta entidades gestoras dos Parques Tecnológicos Goianos credenciados no Programa Goiano de Parques Tecnológicos (PGTEC). O governador Marconi Perillo lembrou que Goiás tem seis parques tecnológicos credenciados (Goiânia, Aparecida de Goiânia, Catalão, Hidrolândia, Rio Verde e Luziânia). O da Universidade Federal de Goiás (UFG), em Goiânia, já está em funcionamento e teve o apoio do Governo de Goiás e os de Catalão e Aparecida estão em construção. “Este é o maior programa estadual de fomento a parques e empresas, com incentivos fiscais para essas empresas. Isso é um atrativo muito forte”, declarou.

O workshop para representantes dos parques interessados será realizado no dia 4 de julho e o lançamento da chamada está previsto para 14 de agosto.

Acesse aqui o Anúncio da Chamada Pública e workshop para Parques Tecnológicos.

Os editais anunciados contemplam fomentos para parques tecnológicos, startups e inovação e MPEs e MEIs. Foto: Núbia Rodrigues / Ascom Fapeg.

Chamada Pública e workshop para empreendedores: ideias inovadoras – Startups
A chamada busca fomentar ideias de projetos de desenvolvimento de produtos (bens e serviços) ou de processos inovadores que transformem ideias inovadoras em empreendimentos potencialmente sustentáveis e que incorporem novas tecnologias, nos setores econômicos estratégicos em acordo com o Programa Goiás Mais Competitivo e Inovador. Serão destinados para esta chamada recursos no valor total de R$ 1,5 milhão.

São elegíveis para a apresentação de ideias de projetos pessoas físicas, microempresa ou empresa de pequeno porte, além de microempreendedor individual (MEI), de base tecnológica, com receita bruta inferior a R$ 3,6 milhões com até dois anos de constituição. Os candidatos interessados poderão participar do workshop a ser realizado no dia 14 de agosto e passarão por diversas etapas de submissão e seleção das propostas. O lançamento do edital está previsto para o dia 21 de agosto.

Acesse aqui o Anúncio da Chamada Pública e workshop para empreendedores: ideias inovadoras – Startups.

Chamada Pública e workshop para empreendedores: subvenção econômica à inovação – MEI e MPE
O objetivo da chamada é apoiar, por meio da concessão de recursos de subvenção econômica (recursos não reembolsáveis), o desenvolvimento de produtos (bens ou serviços) e processos inovadores – novos ou significativamente aprimorados (pelo menos para o mercado regional) – de empresas goianas. O edital busca, assim, apoiar projetos de inovação que envolvam significativo risco tecnológico associado a oportunidades de mercado.  Durante o evento, a presidente da Fapeg, Zaira Turchi, lembrou que o Governo de Goiás já fez ações importantes neste sentido, como o Tecnova e o Pappe Integração e que essa ação segue a linha de investir nas empresas goianas e nos jovens talentos.

Serão apoiados, prioritariamente, projetos de desenvolvimento de produtos (bens e serviços) ou de processos inovadores que transformem ideias inovadoras em empreendimentos potencialmente sustentáveis e que incorporem novas tecnologias nos setores econômicos estratégicos em acordo com o Programa Goiás Mais Competitivo e Inovador. São elegíveis microempresas e empresas de pequeno porte sediadas em Goiás, com receita bruta igual ou inferior a R$ 3,6 milhões, com registro na Junta Comercial ou no Registro Civil de Pessoas Jurídicas (RCPJ) de sua jurisdição anterior a julho de 2015 e em atividade a pelo menos três meses antes do lançamento do edital;

Serão destinados R$ 2,8 milhões em recursos para esta chamada, podendo ser distribuído em subvenções econômicas de, no máximo, R$ 300 mil por proposta a ser executada em até doze meses. Os candidatos interessados poderão participar do workshop a ser realizado no dia 15 de agosto. O lançamento do edital está previsto para o dia 21 de agosto.

“Se pudermos sair na dianteira do Brasil, com estas parcerias consistentes, englobando academia e setor produtivo, com suporte da Fapeg e do Governo do estado, certamente vamos fazer a diferença nesse Brasil com tantos desafios e com tantas potencialidades”, finalizou Marconi Perillo.

Acesse aqui o Anúncio da Chamada Pública e workshop para empreendedores: subvenção econômica à inovação – MEI e MPE.

Assessoria de Comunicação Social da Fapeg.

Posted in Notícias, Notícias FAPEG.