Doutoranda da UFG vence principal competição de pesquisa em odontologia do Brasil

Print Friendly, PDF & Email

O trabalho premiado reforça a importância dos cuidados odontológicos regulares na prevenção de complicações sistêmicas da Covid-19 e faz parte de um projeto financiado pela Fapeg

 

A doutoranda Camila Alves Costa, do Programa de Pós-Graduação em Odontologia da Universidade Federal de Goiás (UFG), conquistou premiação no International Association for Dental Research (IADR) Hatton Award 2021, principal competição na área de pesquisa científica odontológica do Brasil, realizada durante a 38ª reunião anual da Sociedade Brasileira de Pesquisa Odontológica (SBPqO), de 8 a 11 de setembro. Como prêmio, Camila Costa receberá auxílio para representar o Brasil, apresentando seu trabalho na próxima reunião mundial IADR, em 2022, na China.

O trabalho premiado intitulado ‘Association between poor oral health and adverse Covid-19 outcomes in hospitalized patients’ integra parte da tese de doutorado da discente, que é orientada pela Profa. Dra. Nádia do Lago Costa. Os resultados do estudo demonstraram que há uma alta prevalência de condições orais deletérias em pacientes hospitalizados com Covid-19. Além disso, foi observada associação significativa entre periodontite e piores desfechos da Covid-19, como tempo de internação na UTI e ocorrência de morte. Os achados do estudo reforçam a importância que cuidados odontológicos regulares possuem na prevenção de complicações sistêmicas da doença.

A professora Nádia Costa explica que o trabalho da doutoranda é um desdobramento de um projeto global: “Avaliação do desempenho de testes rápidos na detecção salivar do novo Coronavírus (Covid-19)”,  financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg) por meio da chamada emergencial como ação estratégica para identificar e auxiliar financeiramente, projetos de pesquisa que pudessem contribuir para reduzir os impactos da pandemia de Covid-19 no Estado, do qual é coordenadora.

Segundo a professora Nádia do Lago Costa, o apoio da Fapeg foi fundamental e durante todo o processo de participação da doutoranda, desde a submissão do projeto até as apresentações, a Fapeg foi destacada como agência fomentadora da pesquisa.

A equipe da pesquisa fomentada pela Fapeg é composta pela pesquisadora Nádia do Lago Costa, que é professora da disciplina Diagnóstico Bucal, da área de Patologia Bucal e Estomatologia do curso de Odontologia da UFG; pelas doutorandas Ana Carolina Serafim Vilela e Camila Alves Costa; pela aluna de Iniciação Científica Suzane Aparecida de Oliveira; pela professora do Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública (IPTSP-UFG) Fabíola Souza Fiaccadori e pelo professor da Faculdade de Odontologia da UFG Cláudio Rodrigues Leles. Colaboram ainda com a pesquisa os cirurgiões-dentistas Tiago Dias Gomes e Alex Alves da Costa Andrade.

Assessoria de Comunicação da Fapeg, com informações do PPG em Odontologia da UFG

Posted in Notícias, Notícias FAPEG.