Confap participa do ELAN Network Brazil 2017

Print Friendly, PDF & Email

ElanMais de 60 empresas participaram nesta quinta e sexta-feira, dias 05 e 06 de outubro, do ELAN Newtork Brazil 2017, em São Paulo. O evento é organizado pela Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec), com a colaboração de membros da Rede ELAN (European and Latin American Technology based Business Network), incluindo o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap). O tema desta edição foi “saúde e biotecnologia gerando novas oportunidades de negócios no Brasil”. A presidente do Confap e também da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg), Maria Zaira Turchi, foi uma das palestrantes do evento.

O objetivo do evento foi aproximar empresas brasileiras e europeias e promover oportunidades de negócios. Durante a realização são proporcionadas oportunidades de compartilhamento de experiências e conhecimentos para gerar novos negócios e promover o desenvolvimento, sobretudo para os atores do ecossistema de empreendedorismo inovador.

Foram realizadas sete sessões, ao todo, com palestras acerca de desafios brasileiros na biotecnologia, apoio de financiamento para biotecnologia e saúde, saúde 4.0, entre outros assuntos, dois workshops sobre co-criação entre empresas brasileiras e europeias nas áreas referentes ao tema e sobre projetos cooperados no contexto do Programa Horizon 2020.

presidente do Confap é palestrante noElanA presidente do Confap, Maria Zaira Turchi, participou da quarta sessão realizada no dia 05, junto do diretor adjunto do Comitê da Cadeia Produtiva de Saúde e Biotecnologia da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp). A presidente do Confap apresentou as cooperações já existentes entre o Confap, no conjunto de suas Fundações, com parceiros internacionais, sobretudo da União Europeia, além de citar exemplos de editais já lançados pelas Fundações e que aproximavam o setor empresarial da pesquisa científica, tecnológica e de inovação. Entre os projetos citados pela presidente, foram destacadas iniciativas como, por exemplo, o Programa Marie Sklodowska Curie Actions, o Centre for Europe-Brazil Business Innovation Cooperation (Cebrabic) e o Water JPI.

O diretor da Fiesp, Eduardo Giacomazzi, durante a sessão, destacou que 78% das empresas de biotecnologia dependem de recursos públicos. Segundo Giacomazzi, o Brasil tem enorme potencial para atrair parceiros financeiros e tecnológicos, sendo a rede ELAN fundamental para o estabelecimento de parcerias entre empresas brasileiras e europeias.
Mais informações sobre o evento: http://www.elannetwork.org/content/2017-brazil-event

Fonte: Coordenação de Comunicação Social do Confap, com informações da Anprotec.

Posted in Notícias, Notícias CT&I.