Capes envia brasileiros para estudar ciências biológicas e biomédicas em Yale

Capes apoia brasileiros em YaleO novo programa da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) vai enviar até cinco brasileiros para cursar doutorado pleno na Universidade de Yale, nos Estados Unidos. A iniciativa lançada na quarta-feira, 13, tem o objetivo de formar estudantes no Programa Combinado de Ciências Biológicas e Biomédicas (Programa BBS), contribuindo para formar lideranças em pesquisa nas referidas áreas.

As inscrições ocorrem em duas etapas, com prazos distintos. Primeiramente o candidato submete proposta na página da CAPES até 31 de agosto. A agência vai divulgar o resultado preliminar em 10 de outubro. Os aprovados devem então se inscrever em Yale por meio de um formulário online da universidade americana de 24 de outubro a 10 de novembro. O resultado final será divulgado até fevereiro de 2019, e as atividades em Yale iniciam a partir de agosto do mesmo ano.

Brasileiros em Yale/Capes

Citoesqueleto de um cone de crescimento neuronal (Foto: Paul Forscher/Yale)

Interessados devem ser brasileiros e residentes no país durante o processo de seleção; ter diploma de graduação e não possuir título de doutorado; dedicar-se integralmente ao curso e não acumular bolsa de outra agência federal; apresentar certificado de proficiência em inglês e comprovante do Graduate Record Examination (GRE).

No momento da inscrição, o candidato deve selecionar uma das oito ênfases do Programa BBS: Bioquímica, Biologia Quantitativa, Biofísica e Biologia Estrutural; Biologia Computacional e Bioinformática; Imunologia; Microbiologia; Biologia Celular Molecular, Genética e do Desenvolvimento; Medicina Molecular, Farmacologia e Fisiologia Neurociência; e Biologia molecular de plantas.

brasileiros em yale

Embrião de camundongo. (Foto: Ichiko Saotome/Laboratório de Valentina Greco, Yale)

Formato próprio

O curso tem duração de até seis anos, em um formato diferente dos programas de pós-graduação brasileiros. No primeiro ano em Yale, os estudantes cursam duas a três disciplinas por semestre e cumprem dois a quatro rodízios de laboratório. Em seguida, selecionam um orientador de tese no laboratório no qual será conduzida sua pesquisa de doutorado.

Benefícios
Durante os três primeiros anos do curso, a CAPES paga diretamente ao bolsista mensalidade e mensalidade suplementar; passagens de ida e volta para o bolsista e para os dependentes; auxílio-instalação e auxílio seguro-saúde. A partir do quarto ano, Yale assume esses custos. A universidade também fornece isenção de taxas acadêmicas ou administrativas.

Confira a página do programa.

Fonte: CCS/Capes

Posted in Notícias, Notícias CT&I.